Prisma das letras

Bem-aventurado o homem que acha sabedoria, e o homem que adquire conhecimento. Provérbios 3:13

Textos

Estive na Bienal do Livro 2012, em São Paulo. Cheguei há poucos minutos de lá, do local do evento (16:30 h). Era um sonho. Realizei-o hoje (09.08.2012).

Como não poderia deixar de ser, senti-me contente em meio a tantos livros, tantas opções de leitura; para todos os gostos. Só lamento que os preços não estavam assim tão módicos quanto eu esperava.

Algumas obras do eminente escritor Rubem Alves, as quais eu gosto de ler, tive que deixar para outra vez. Eram livros pequenos, com poucas folhas, custando em torno de R$ 35,00, R$ 39,00. Caros, achei-os. Os livros deveriam custar mais barato, para incentivar a leitura no nosso país.

Mesmo assim, comprei uma obra do referido autor, contendo sete (07) outras obras – uma espécie de compêndio, que saiu mais barato do que três livros pequenos do mesmo autor. Vá entender um negócio desse. Custou-me, a dita obra, R$ 79,90. Acho que fiz um bom negócio.

Adquiri outros livros também, claro. Jamais perderia essa oportunidade para investir numa das coisas da vida que amo: livros. Entre as aquisições, estão algumas novidades de leitura, autores ainda não lidos.

Para quem gosta de ler, e agora, de vez em quando, aventura-se a rabiscar algumas bobagens, não desperdicei a chance de comprar a obra “Diário de Jack Kerouac”, grande escritor americano. Comprei o livro na esperança de aprender bastante com este renomado escritor. Os críticos literários falam muito bem dele. Resolvi apostar no investimento.

E como deixar de fora “Crônicas selecionadas”, de Machado de Assis, e uma autobiografia literária de Lima Barreto, organizada por Antonio Arnoni Prado? Não, não dá pra deixar tais obras fora das compras. Comprei-as, claro.

Manoel Bandeira, Mário Quintana, Balzac, Edgar Alan Poe, Kafka, Goeth, Sêneca, Dostoiévski, Eduardo Galeano, também encontraram espaço na minha modesta biblioteca. Acho que terei livros para ler até o fim do ano ou mais.

Um leitor que se preze e um pretenso aprendiz de escritor não pode deixar de investir em livros.

Entusiasmo-me só de pensar em iniciar a leitura dos livros adquiridos. Pareço meio bobo. Mas cada um tem seus prazeres. Alguns dos meus são a leitura e a escrita.

Vamos à leitura! Quem sabe, futuramente, conto-vos ou compartilho convosco alguma coisa que aprendi com as obras e autores lidos? É esperar para ver. Boa leitura para mim!
Juscelino Nery
Enviado por Juscelino Nery em 23/09/2012
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras